Dicas de Segurança para Máquinas e Equipamentos

Tais equipamentos são cobiçados por, infelizmente, pessoas que tem atividades lícitas em locais ermos e rincões do país.

SOBRE O ROUBO E O FURTO DE MÁQUINAS DE TERRAPLANAGEM E RETROESCAVADEIRAS

Outro dia recebi um pedido de ajuda em relação a uma pessoa que teve sua retroescavadeira furtada, então lembrei da dificuldade de se recuperar tais bens pelas razões abaixo:

  • Tais equipamentos são cobiçados por, infelizmente, pessoas que tem atividades lícitas em locais ermos e rincões do país;
  • Daí “encomendam” ou já são “clientes” para compra de quadrilhas organizadas e com estrutura para levar o equipamento até o comprador;
  • Como se trata de crime planejado, a probabilidade de recuperação do bem é remota.

MODUS OPERANDI

  • Ao localizar uma obra ou garagem com tal maquinário, a quadrilha chega com caminhões, pessoas se passando por proprietário aplicam técnicas de engenharia social, ludibriam vigias colocam as máquinas nas carretas ou caminhões e levam. Ocorre aos finais de semana e feriados ou ainda, em obras paradas por qualquer razão. Trata-se de furto;
  • Ao encontrarem anúncios de aluguel dessas máquinas, fazem contato para limpar, terraplanar uma área, já identificada pela quadrilha, marcam de se encontrar e acertar o preço. Acertam o dia de início e quando o operador e/ou proprietário chega com o equipamento é dominado mantido sequestrado pelo grupo que já está com caminhão/carreta. Este sequestro dura horas enquanto o maquinário é levado. Trata-se de roubo conexo com outros crimes.

FATORES QUE PROPICIAM

  • Obras em locais ermos e rincões do país, notadamente na região norte, decorre da locação e sublocação de maquinário para os serviços;
  • Tais equipamentos não possuem um sistema de controle como placas, numeração de chassis e selos de segurança que auxiliam na identificação, mesmo a distância (placas).

SUGESTÃO PARA MITIGAR OS RISCOS

  • Quando receber propostas para serviços e fechá-las, no dia de iniciar, retardar, passar no local antes de forma velada e verificar presença de pessoas e/ou caminhões/carretas que possam levar a máquina;
  • Colocar rastreador nas suas máquinas aumenta em muito as chances de recuperar os bens em caso de roubo ou furto.

SERGIO LUIZ

Mestrando em Ciências Criminológico – Forenses pela UNIVERSIDAD DE CIENCIAS EMPRESARIALES Y SOCIALES, Buenos Aires – DF – Argentina, Especialista em Políticas e Gestão em Segurança Pública pela FIR/SENASP(2009) . Política e estratégia pela ADESG-PE/ESG. Curso de inteligência de segurança pública pela SDSPE/SENASP/MJ Possui graduação em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (1994) policial civil aposentado – SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL. Tem experiência na área de Direito, bem como em docência em cursos de formação profissional para Delegados de Polícia, Agentes e Escrivães de Polícia Civil de Pernambuco e no curso de formação de sargento e soldado da Polícia Militar de Pernambuco, professor nas Pós-graduações em Perícia Forense e Gestão Estratégica em Segurança de Grandes Eventos da FACCOTUR – Olinda/PE. Exerceu as funções de Diretor Subcomandante da Guarda Municipal de Recife (2002 a 2003), de Chefe de investigações e coordenador setorial na antiga DNARC(2004 a 2007),coordenador setorial na Delegacia de repressão ao roubo e furto de veículos DRFV/DEPATRI (2007 a 2008), coordenador setorial da delegacia de repressão ao roubo DPRF/DEPATRI, exerceu as funções de Assessor de Nível Superior da Gestão do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais – DEPATRI/PCPE.(2012 a 2014), Assessor de Nível Superior da Gestão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP/PCPE e gerente de operações da TKS – SEGURANÇA PRIVADA, professor na pós graduação de perícia forense (IBGM), operações tributárias(ESAFAZ/IBGM) e inteligência (SDSPB/IBGM), inteligência (UNIBRA PE), atualmente coordena a central integrada municipal de defesa social e gerencia de inteligência da SMDS-Ipojuca.

Fique InformadoOutras Notícias

LGPD: Os impactos comerciais da proteção de dados pessoaisHares Consultoria -

LGPD: Os impactos comerciais da proteção de dados pessoais

Todos os detentores das informações devem assumir uma postura de proteção dos dados que lhe são confiados. Os dados, estabelecidos na LGPDP, são mais abrangentes que nome, endereço e CPF.

Esperamos seu contato Fale Conosco

WhatsApp